Kintoun Blog 2.0

Blog que reune informaçãoes sobre a fantástica série Dragon Ball

Arquivos de tags: manga

Episode of Bardock | Capítulo 1 | Análise – meia-boca, mas logo tem mais

Eu só esperei até lançarem num fansub em português, para não ter que pegar coisas de outros blog. Mas, pulando essa parte, vamos começar… O capítulo foi lançado a mais de um mês e o segundo inclusive está disponível, com alguma procura. Trata-se te uma realidade alternativa para a série, e não se tem certeza em qual espaço e tempo se passa isso. A história é contada em poucas páginas e difere do jeitinho Toryama em arte e história, mostrando mais do que Ooishi Naho consegue criar.

Começa no momento que Bardock enfrenta Frieza e o tirano lança aquele blast overpower que destrói o planeta. Mas o golpe não pega diretamente Bardock e o saiya-jin vai parar em um planeta onde vivem simpáticos seres, desconhecidos a Bardock. Aparentemente, é o planeta Vegeta, com seu nome original, Plant. Mesmo ferido, Bardock vai atrás de uma nave, que havia cruzado o céu, e encontra soldados de Chilled, os derrota e, enfim, vai morar em uma caverna. E contra sua vontade, desenvolve simpatia com um dos aliens, que lhe trás comida. A situação é explicada, ao menos em parte, e nos é apresentado o vilão: o gordinho Chilled, algum parente do Frieza. E fim.

Resumidinho assim, só temos a esperar outro capítulo par perceber melhor a história. O que já podemos fazer é medir a probabilidade de resultados, considerando conhecimento anterior e desconsiderando as variáveis do futuro. O clássico chute, também conhecido como intuição, indica uma viagem ao passado, antes do império do Frieza, em que vemos os antepassados dos changelings e saiya-jins e etcs. Parece interessante, mas gostaria de ver a série toda antes de dar um parecer final, que agora ficaria em um mero 3 estrelinhas. Logo, see ya!

Depois do especial de 2008 e Dragon Ball SD, Ooishi Naho desenha mangá sobre Dragon Ball Heroes para V-Jump | Mangás

Ooishi Naho passou a ser reconhecida em 2008 com o especial do irmão do Vegeta e o Abo e Cado e também com Dragon Ball SD em 2010. A autora se tornou digamos, uma substituta de Akira Toriyama. Não há confirmação nenhuma de plot apenas que tem algo relacionado com super  invasores do espaço. Não muito diferente do que estamos habituados. Mas não seria descartável a possibilidade de aparição dos personagens exclusivos de DBH, como Mirai Trunks SSJ3 e o recém revelado Bardock SSJ. Na verdade,o espaço preto na imagem abaixo foi substituído por um card do Bardock em tal forma (imagem no fim do post), praticamente confirmando a sua aparição no mangá.

A história, que deve sair  21 de Junho de 2011, tem poucas informações liberadas. Estão confirmados 3 capítulos que devem sair mensalmente, a cada edição da V-Jump. E espere a análise por aqui, me divirto como crítico de mangás secundários de Dragon Ball.


Voltamos a ter a chance de completar a coleção: A Conrad já não toma mais conta de Dragon Ball! | Mangá

Tem fã que entra em crise quando descobre que nunca vai poder completar sua coleção. Seja de filmes, de livros, de bonequinhos… quando a editora comete uma falha e ficamos sem certos itens que faltam, é fácil, extremamente fácil, se irritar. Meu caso, por exemplo: comprei os números de 1 a 9 da Edição Definitiva de Dragon Ball, conhecida originalmente como Kanzenban. O quarto mangá, inclusive, comprei separadamente, usado, porque faltava no site da editora, e acabei economizando. E, para completar, mais bem conservado do que a edição lacrada. Estranhei, claro. Pesquisei e descobri: a Conrad caiu. E levou com ela os direitos de publicação de vários mangás. Entre eles, o querido Dragon Ball, que foi cortado ao meio.

Mas a situação recentemente mudou. A Conrad, finalmente, liberou as séries, por que haviam “exigências impossíveis de serem satisfeitas”. Basicamente, havia muita busca por essas séries, e eles não tinham como publica-las. E agora, é torcer (e agir- mandar e-mails é válido) para que um boa editora compre, como a Panini, que publica Naruto,  Bersek e vários outros mangás, ou outra editora que considerem boa. E então, comprar, desde o início ou a partir de onde parou, sua amada série.

%d blogueiros gostam disto: